Cartão combustível para empresas ou cartão de crédito corporativo: compare!

Confira qual é a melhor solução de gestão de gastos para a sua empresa: cartão combustível ou cartão de crédito corporativo

O que vale mais a pena para a sua empresa? Esse é um comparativo entre o uso de cartão combustível e cartões de crédito pré-pagos corporativos para o consumo de combustível por parte dos funcionários.

O cartão combustível é uma ótima solução para pagamento de despesas de veículos dos funcionários que facilita a gestão de abastecimentos, além de melhorar o fluxo de caixa e otimizar o tempo que se perderia com o reembolso. 

Por outro lado, o cartão de crédito corporativo permite que a gestão de gastos seja mais otimizada e feita através de uma única fatura, concentrando todas as informações necessárias em um só lugar.

E se existisse uma forma de unir o melhor de um com o melhor do outro? É disso que falaremos aqui! Além disso, falaremos sobre as taxas, a gestão, a segurança e o controle, a tecnologia e a facilidade de uso e gestão.

Aproveite! 

O cartão combustível 

O cartão combustível tradicional funciona, basicamente, como um cartão de crédito, mas que funciona exclusivamente em postos de combustíveis autorizados e conveniados. Assim como vales refeição são usados para pagamento em alguns bares e restaurantes, os cartões de combustível servem para custear o abastecimento de veículos.

Assim, a quantidade do “limite” para o cartão vai sendo diminuído conforme o colaborador o utilize. Prático, né? Basta calcular os valores do transporte mensal dos colaboradores que possuem esse benefício e definir a quantia máxima a partir daí. 

Com as altas nos preços dos combustíveis, entretanto, essa gestão pode se tornar ainda mais desafiadora. Uma vez que a administração desses gastos precisa ser ainda mais cuidadosa.  

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), divulga semanalmente o relatório do valor dos combustíveis no país. Dependendo da região do país, até mesmo entre cidades, o valor pode variar de R$6 para R$9, por exemplo. 

Ou seja, em momentos de grande variação de valores e certa visão de crise, o primeiro passo deveria ser olhar para formas de facilitar o benefício, de modo que as opções entre locais onde o colaborador pode abastecer aumentem, por exemplo. Buscando melhores preços e maior controle. 

O cartão de crédito pré-pago 

Seguindo a mesma ideia, um cartão de crédito (ou débito) corporativo, nada mais é do que um cartão bancário utilizado exclusivamente para o pagamento das despesas relacionadas à empresa ou a custos do trabalho. 

Essa é uma maneira efetiva de centralizar gastos corporativos em um único lugar, facilitando a gestão financeira. O que, por consequência, faz também com que essa gestão seja muito mais eficaz e transparente. 

A importância de controlar todas essas atividades através de locais que se correlacionem e informações que possam ser complementares é tamanha, que pode mudar a rotina e prioridades de times inteiros. 

É essencial que o seu time administrativo-financeiro e as lideranças estejam preparadas para utilizar recursos dessa forma, procurando garantir que o controle será efetivo e que possuir um cartão corporativo trará mais benefícios do que não.

Gestão facilitada 

Atualmente no mercado, existem possibilidades de utilizar os cartões de crédito de forma ainda mais otimizada. Algumas empresas disponibilizam de aplicativos onde os valores para cada fim podem ser divididos por pastas, times ou cargos. 

Cada setor possui seu próprio orçamento e a divisão é feita de acordo com o planejamento financeiro da empresa. Isso, além do controle em tempo real de tudo o que é gasto junto das notas fiscais de tudo digitalizadas.  

Buscar por soluções que otimizem o tempo de seu time administrativo financeiro é um ganho de dinheiro e confiança. 

Taxas dos cartões combustível x cartões pré-pagos 

Outro ponto importante para compreender qual o tipo de cartão vale mais a pena para a realidade de sua empresa é estar atento às taxas envolvidas em cada uma das opções. 

Os cartões de abastecimento possuem algumas  taxas que são aplicadas nos postos, além, claro, do valor de adesão por parte da empresa que deseja o serviço. O que, por sua vez, acaba por diminuir as possibilidades de negociação em relação a valores. 

Essa tarifa pode variar entre 3% e 10% no preço do combustível dependendo de quanto o posto fatura por meio dessa modalidade de pagamento. Isso ocorre por conta dos mais variados tipos de taxações que os estabelecimentos são obrigados a cumprir.   

A atual crise econômica faz com que os combustíveis estejam com o preço bastante variável. A consequência disso é que cada vez menos postos têm aceitado o método de pagamento através do cartão abastecimento. 

No caso dos cartões pré-pagos, eles funcionam de forma semelhante aos celulares pré-pagos, ou seja, é necessário fazer a recarga antes de utilizá-los. 

Sendo assim, não existe fatura, mas também não é possível realizar compras parceladas. Ele não possui anuidade, mas pode ter outras tarifas, por exemplo uma taxa de adesão

Então, é importante verificar esses detalhes com a emissora antes de solicitar. Mas o benefício é que fica mais fácil controlar os gastos de cada e delimitar budgets específicos por pessoa utilizando o cartão pré-pago. 

Tecnologia e facilidade

O mais importante a se compreender, conforme já falamos nesse texto, é o quanto a opção escolhida facilita a gestão e organização do seu time administrativo financeiro e da empresa como um todo. 

O cartão combustível, apesar de já facilitar um pouco, pelo controle desse gasto específico estar concentrado em um tipo de “formato de gasto”, ainda assim torna-se mais um ponto que a gestão precisará atentar-se além de todas as outros formatos de gastos existentes na empresa. 

Por outro lado, procurar por um cartão pré-pago que disponibiliza um aplicativo integrado que controle tudo, pode não apenas revolucionar o dia a dia da empresa, mas também garantir que tudo tenha ainda mais transparência e agilidade. 

O App integrado da Payfy garante controle de quilometragem, gerenciamento do cartão em tempo real por parte da liderança, cancelamento e emissões a qualquer momento, pedidos e aprovações diretamente pelo app, digitalização e armazenamento de notinhas e tudo, sem anuidade. 

Simples, né?

Entre em contanto com um consultor e peça uma demonstração agora mesmo. 

Até a próxima!


André Apollaro

Founder & CEO da Payfy

Fundo Cartões